No episódio #016

Fernanda Grigolin sobre o Jornal de Borda

Fernanda Grigolin (1980) É artista visual, editora, pesquisadora doutoranda em Artes Visuais na Unicamp. Atua há 15 anos com publicações entre produção, edição, circulação e pesquisa. Realiza os projetos Tenda de Livros e Jornal de Borda. Fez Arquivo 17 e segue com A mulher do Canto Esquerdo do Quadro.

Sobre o Borda


"Jornal de Borda é uma publicação anual de arte contemporânea, editada em português e espanhol e com distribuição latino-americana. Até o momento realizamos cinco edições e mais de 20 mil periódicos foram distribuídos pelo Brasil, México, Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai e Peru. Participam artistas, editores, pesquisadores, ativistas atuantes em países da América Latina. Para a sexta edição teremos mais de 30 colaboradores.
O tema da edição é “Fronteiras e Encruzilhadas” e tem como mote trechos das pensadoras feministas Gloria Anzaldúa e Maria Lacerda de Moura.
Borda trará duas edições fac-símiles: do Nosso Jornal (1923) e um dos números de Nuestra Tribuna (1922-1925), algo próximo do que fizemos na quarta edição, quando trouxemos o fac-símile de A Plebe. Na ocasião tivemos a participação do Arquivo Edgard Leuenroth e da historiadora Christina Lopreato. Desta vez teremos três pesquisadoras de anarquismo como parceiras da proposta: Laura Cordero, integrante do Cedinci/Argentina; Lucia Parra, integrante do Centro de Cultura Social, e Samanta Colhado Mendes, que investiga as mulheres anarquistas na Primeira República.
O Borda é um projeto pessoal, não tem qualquer apoio financeiro institucional; o jornal convoca coletivamente e tem distribuição alta. Porém, o compromisso com a sustentabilidade do projeto é de uma pessoa (minha, Fernanda). Só tive apoio de edital em dois momentos para uma edição completa (número 3) e para o fac-símile (do número 4). Apoios financeiros sempre foram voluntários, e assinar o jornal foi uma das maneiras melhores para contribuir no pagamento da gráfica (no caso da edição 5, em que a campanha de assinatura auxiliou em 50% da gráfica). O Borda nunca se pagou pela venda de suas unidades; mesmo que vendesse todos os periódicos, a conta não fecharia. Agora para a edição 6, iniciamos uma Campanha, que tem quatro metas, e a quarta meta é a que idealmente cobre tudo, e é por ela que estamos batalhando.
Convido vocês para conversarem comigo sobre o Jornal juntamente com as pessoas queridas que estão me recebendo. Nas atividades comentarei cada edição e falarei do orçamento da edição 6 e também de como ela será (tema: “Fronteiras e Encruzilhadas”).
Site da campanha: www.benfeitoria.com/jornaldeborda
Site do jornal: https://tendadelivros.org/jornaldeborda

 


VER.SAR é um podcast com artistas convidadas a compartilhar leituras de textos sobre práticas artísticas, maternidades e feminismos.

Este Podcast é uma plataforma de comunicação colaborativa que reúne mulheres artistas e seus referenciais textuais, a partir do exercício da leitura e busca criar um arquivo de consulta e compartilhamento gratuito de conteúdo relacionado às questões estruturais e conceituais implicadas em ser mulher na contemporaneidade. As artistas convidadas são mulheres que investigam e discutem os conflitos políticos da vida doméstica e pública produzindo pensamento crítico em nosso contexto e propondo mudanças significativas no mundo da arte.

É preciso Ouvir as mulheres!

©2018 Podcast VER.SAR arte, maternidade e feminismos.Por Priscila Costa Oliveira.