Daniela lê um trecho do Finnegans Wake, um romance experimental publicado em 1939, de James Joiça.

A chuva que abre a leitura é de Florianópolis. A leitura é no original em inglês traduzido para o original da chuva.
--
Daniela Castro
1976. Artista. Vive e trabalha entre São Paulo e Florianópolis

É mestranda no Departamento de Artes Visuais, na linha de pesquisa em Processos Artísticos, na Universidade Estadual de Santa Catarina. Membro da banda sonora Deleuze Was Wrong (DWW).


VER.SAR é um podcast com artistas convidadas a compartilhar leituras de textos sobre práticas artísticas, maternidades e feminismos.
Este Podcast é uma plataforma de comunicação colaborativa que reúne mulheres artistas e seus referenciais textuais, a partir do exercício da leitura e busca criar um arquivo de consulta e compartilhamento gratuito de conteúdo relacionado às questões estruturais e conceituais implicadas em ser mulher na contemporaneidade. As artistas convidadas são mulheres que investigam e discutem os conflitos políticos da vida doméstica e pública produzindo pensamento crítico em nosso contexto e propondo mudanças significativas no mundo da arte.


É preciso Ouvir as mulheres!


ESCUTE, BAIXE E COMPARTILHE!


Site: www.podcastversar.com/

Instagram: @podcastversar
Facebook: www.facebook.com/podcastversar
Soundclound: @versarpodcast

 

SPOTIFY 

 

#podcastversar #maternidades #feminismos #praticasartisticas #mulheresleitoras #mulheresescritoras #artematernidade #artepolitica #jamesjoiça #danielacastro #curadora #finneganswake #romanceexperimental #1939 #escritora #tradutora #artista #florianopolis #floripa

©2018 Podcast VER.SAR arte, maternidade e feminismos.Por Priscila Costa Oliveira.