#065.png

No episódio #065
Barbara Milano lê Chimamanda e fala sobre luto e justiça

No episódio de Nº 65 a convidada é a artista Bárbara Milano que lê Notas sobre o luto de Chimamanda Ngozi Adichie e fala sobre luto e justiça.

Bárbara Milano nasceu em Piracicaba, onde passa um rio… Fruto entre o preto, o branco e o ancestral da terra Pindorama. Vive e produz a partir da cidade de São Paulo e itinerâncias. A costura entre diferentes linguagens desafia a forma – do corpo como ato [performatividade] à fotografia como registro silencioso. Seu corpo é suporte de vivências imateriais. 

Entre as exposições das quais participou estão as coletivas Lavra 2019 e 2020, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (RJ) com a performance MÃE, o primeiro trabalho após o feminicídio sofrido por sua irmã grávida aos 27 anos é rito de cura e conexão com sua mãe, que participa da ação trançando seu cabelo… “minha mãe trança meu cabelo, minha mãe trança meu cabelo, minha mãe trança meu cabelo”. O registro da açanã por Gabriel Vieira integra a coleção Calmon-Stock (RJ).

Em 2021, sua primeira individual: MATERNAGEM, na Oficina Cultural Alfredo Volpi (SP), traz o tema com obras, parcerias, e lives. O texto cura produzido para a exposição por Renata Felinto participa do Podcast Ver.Sar na voz de Mônica Ventura, com produz em co-autoria o trabalho JARDIM PRA ERÊ. No mesmo ano, fez parte do programa Pivô Pesquisa. Atualmente é mestranda em Artes pela UNESP-SP com o projeto FOTOGRAFIA RITUAL.

Para conhecer outros trabalhos da artista acesse: https://www.barbaramilano.art/

Para acompanhar a história da Bia (Clique aqui)

Menções:

Site da Bárbara Milano

Instagram: @estudioimaterial

Instagram: @portodosasbias

Apoie Podcast VERSAR

 

Você escuta esse e outros episódios em www.podcastversar.com

E nas plataformas:

Youtube

spotify

deezer

google podcasts

apple podcasts

anchor

castbox

 

Gostou? Envia um comentário por texto ou áudio.

Mensagens de voz por aqui: https://anchor.fm/podcastversar/message ou pelo whatsapp 48 998351095

 

Produção e Curadoria: @priscilacostaoliveira

Apresentação: Priscila Costa Oliveira e Maria Flor

Convidada: Bárbara Milano

Vinheta: @vineschmitt

Musicas: Find Your Way Beat e Bella Bella Beat de Nana Kwabena

 

"Jardim pra Erê" | Bárbara Milano e Mônica Ventura | para a exposição MATERNAGEM, de Bárbara Milano na OC Alfredo Volpi (SP), 2021. AMOR DE VENTRE NEM NASCE POIS SENTE. 

WhatsApp Image 2021-12-11 at 13.16.28.jpeg
Por Todas As Bias (_portodasasbias) • Fotos e vídeos do Instagram - Google Chrome.jpg