Buscar
  • VER.SAR

VER.SAR #003 - Anna Moraes lê Chimamanda

Atualizado: 3 de Fev de 2019


#003 – Anna Moraes lê Chimamanda Ngozi Adichie


No episódio de número #003 Anna Morares lê Para Educar Crianças Feministas de Chimamanda Ngozi Adichie

--

Anna Moraes é mãe, artista visual, gestora cultural, pesquisadora e professora de desenho. Mestranda no PPGAV-UDESC na linha de teoria e história da arte, pesquisa o desenho contemporâneo. Participa do Nacasa Coletivo Artístico na gestão da galeria expositiva e ministra cursos e oficinas de desenho. Participa de feiras e exposições com produção que parte do desenho e chega em outras linguagens, como gravura, objeto e livro de artista.

​"Ao receber o convite da Priscila para fazer a leitura de um livro de uma autora, pensei que seria uma proposição simples: pegaria um livro que havia gostado de minha biblioteca e faria a leitura. Pra minha surpresa, o único livro de uma autora em minha biblioteca era este que faço a leitura, emprestado de uma amiga muito querida, Ju Maués. A autora é nigeriana, e escreve sobre questões raciais e de gênero, com livros traduzidos para mais de trinta línguas, e um deles adaptado para o cinema. Penso ser uma leitura não só importante como indispensável, como a proposta da Priscila em propor a leitura que para mim, como mulher, são desconhecidas. Adorei a iniciativa"

--

Chimamanda Ngozi Adichie (Abba, 15 de setembro de 1977) é uma escritora nigeriana. Ela é reconhecida como uma das mais importantes jovens autoras anglófonas que está tendo sucesso em atrair uma nova geração de leitores de literatura africana.

Chimamanda nasceu na Nigéria, no estado de Anambra, mas cresceu na cidade universitária de Nsukka, no sudeste da Nigéria, onde se situa a Universidade da Nigéria. Seu pai era professor de Estatística na universidade, e sua mãe trabalhava como administradora no mesmo local. Quando completou dezenove anos, deixou a Nigéria e se mudou para os Estados Unidos da América. Depois de estudar na Universidade Drexel, na Filadélfia, Chimamanda se transferiu para a Universidade de Connecticut. Fez estudos de escrita criativa na Universidade Johns Hopkins de Baltimore, e mestrado de estudos africanos na Universidade Yale.

Obras:

2003 - Hibisco Roxo

2006 - Meio Sol Amarelo

2009 - Eytuh de buts

2013 - Americanah

2014 - Sejamos todos feministas

2017 - Para Educar Crianças Feministas – Um Manifesto



VER.SAR é um podcast com artistas convidadas a compartilhar leituras de textos sobre práticas artísticas, maternidades e feminismos.

Este Podcast é uma plataforma de comunicação colaborativa que reúne mulheres artistas e seus referenciais textuais, a partir do exercício da leitura e busca criar um arquivo de consulta e compartilhamento gratuito de conteúdo relacionado às questões estruturais e conceituais implicadas em ser mulher na contemporaneidade. As artistas convidadas são mulheres que investigam e discutem os conflitos políticos da vida doméstica e pública produzindo pensamento crítico em nosso contexto e propondo mudanças significativas no mundo da arte.

É preciso Ouvir as mulheres!


ESCUTE, BAIXE E COMPARTILHE!


Instagram: @podcastversar

Facebook: https://www.facebook.com/podcastversar

Soundclound: https://soundcloud.com/podcastversar

Itunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/podcast-ver-sar/id1437754281?l=pt

5 visualizações

©2018 Podcast VER.SAR arte, maternidade e feminismos.Por Priscila Costa Oliveira.